Casal completa 70 anos de união

11 de junho de 2016

Foto DM

Neste domingo (12), milhares de casais irão comemorar o Dia dos Namorados e muitos destes namoros evoluem para casamento. Se a paixão do início do namoro um dia diminui, saber conviver, ter paciência e confiar em que está ao seu lado são alguns dos sentimentos que fazem duas pessoas permanecerem unidades.

Estes, segundo o casal Daniel e Maria Danieli são alguns dos segredos para se conviver a dois por muitos anos. Na próxima segunda-feira (13), o casal completa as conhecidas “Bodas de Vinho”, ou seja, comemorarão 70 anos de casamento. Os dois tem 94 anos e se casaram no dia 13 de junho de 1946, mas não casaram nesta data porque quiseram, e sim porque o padre quis. Maria conta que o casal e suas famílias tinham se preparado para fazer o casório no dia 19 de junho, já que os familiares viriam da região da Serra Gaúcha para a festa, porém na época o principal meio de transporte era o cavalo, e o padre que teria se enganado na data veio seis dias antes, no dia 13, e resolveu casar os jovens naquele dia mesmo só com a presença dos familiares mais próximos.



Após o casamento, nada de Lua de Mel, cada um foi para sua casa. O casal foi morar junto mesmo só no dia 19 de junho quando foram de carroça até o centro de Não-Me-Toque onde cassaram-se no Civil e fizeram a festa com toda a família.



Ao longo de 70 anos o casal criou 8 filhos, teve 19 netos e 10 bisnetos. Dona Maria relembra que antes de casarem, os dois namoram por dois anos, só casando quando ela completou seus 18 anos, e que se conheceram pois eram vizinhos no interior do município de Não Me Toque. Daniel morava de um lado do rio e Maria do outro. Um pinheiro que tinha caído sobre o rio após um temporal servia de ponte para aproximar os dois. Curiosamente Maria e Daniel fizeram a frente de uma sequência de casamentos entre irmãos das famílias Danieli e Girardelo. Além de Maria que casou com Daniel outras duas irmãs de Maria, mais novas do que ela se casaram mais tarde com irmãos de Daniel.



Aos 94 anos de idade, seu Daniel já não escuta mais direito, mas Maria conta que apesar do marido não ser um homem que lhe dava flores, era romântico a seu jeito. “Era um homem educado. Problemas no relacionamento a dois sempre haverão, mas tudo passa, a vida é assim e o tempo nos ensina muita coisa. Nestes 70 anos nem todos foram momentos felizes, mas considero que tivemos uma vida feliz a dois ” diz Maria. A idosa conta que mesmo com 70 anos de casados, Daniel de vez em quando ainda manifesta um certo ciúme. Se Maria se afasta de casa por alguns minutos ele logo vai atrás para saber por onde anda sua companheira. Na próxima semana a família de Daniel e Maria Danieli pretendem se reunir para comemorar os 70 anos de união dos dois.(Diário AM)


© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão