Com reservas, Inter vence o Goiás por 2 a 1 no Beira-Rio

18 de julho de 2015

Sasha, Juan, Anderson e Eduardo foram as boas notícias do sábado colorado. A vitória do Inter sobre o Goiás, por 2 a 1, no Beira-Rio, contou com atuações consistentes de Sasha e de Juan, que poderão começar a partida de quarta-feira, na decisão da semifinal da Libertadores, contra o Tigres, no México, além de Anderson, que mudou o time no segundo tempo e do jovem zagueiro, autor do primeiro gol colorado. O segundo, o que garantiu a segunda vitória consecutiva do Inter no Brasileirão, foi do recuperado Sasha.

Se dependesse apenas do primeiro tempo, talvez a direção tivesse que oferecer mais um jogo grátis para os torcedores que assistiram ao Inter e Goiás — assim como fez com o jogo desse sábado, com aqueles colorados que acompanharam a recente derrota para o Flamengo no Beira-Rio. Além da cabeça do Inter estar no México, e na decisão da semifinal da Libertadores contra o Tigres, o espírito de muitos jogadores também parecia já estar em Monterrey.
Ainda que o Goiás, mesmo com a força máxima, esteja perto do Z-4, os colorados fizeram uma partida pobre, sem criatividade nem alternativas de jogo. A única boa notícia foi a recuperação total do zagueiro Juan. O veterano camisa 4 defendeu bem e foi ao ataque. Ao lado de Muriel, foi o mais interessado em campo pelo time de Diego Aguirre.
Em um dos piores momentos do Inter na temporada, a etapa inicial teve uma única boa chance de gol. E foi do Goiás. Aos 20 minutos, Murilo entrou como quis pela direita e bateu no cantinho direito. Muriel salvou o Inter.
— Temos que mexer a bola um pouco mais rápido e também ter um pouco mais de inspiração — analisou Alex, no intervalo.
De bom mesmo no primeiro tempo, a confirmação da arrecadação de mais de 3 toneladas de alimentos da torcida do Inter para auxiliar as vítimas da enchente dessa semana no Rio Grande do Sul. 
No segundo tempo, com Anderson no lugar de Juan (preservado, para evitar uma nova lesão) e com Nilton na zaga, o Inter melhorou. Passou a ter articulação no meio-campo e chegadas mais contundentes à frente. Logo aos dois minutos, Anderson passou para Sasha, dentro da área. A bola sobrou para Alex, que bateu em curva, rente à trave.
Réver saiu lesionado, aos 11 minutos. Uma contusão no tornozelo o tirou do jogo. O jovem Eduardo, de 19 anos, foi a campo, a fim de recompor a zaga. Dois minutos depois, Sasha cabeceou para a área do Goiás, Renan tirou de soco mas a bola bateu no peito do zagueiro Felipe Macedo e sobrou limpa para Eduardo chutar para o gol vazio. Alívio no Beira-Rio, Inter 1 a 0.
A vantagem tirou um pouco o apetite do Inter por gols. O time de Aguirre reduziu a pressão e permitiu os avanços goianos. Aos 33, a punição. Lucas Coelho cavou uma falta em cima de Nilton e o árbitro marcou pênalti. Felipe Menezes cobrou e empatou: 1 a 1.
Aos 42, porém, a redenção. Vitinho cobrou escanteio, Renan subiu sozinho, mas, em vez de agarrar a bola, fez quase um passe de vôlei, para trás, exatamente na cabeça de Eduardo Sasha, que empurrou para o gol e saiu para comemorar a vitória em seu retorno ao time titular.

© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão