Com um a menos, Grêmio segura empate contra o Fluminense em 1 a 1

13 de junho de 2016

Foto: Nelson Perez
O Grêmio batalhou contra o Fluminense e a arbitragem para conseguir um empate em 1 a 1, neste sábado, em Volta Redonda. O Tricolor saiu na frente, mesmo com um homem a menos, mas não conseguiu segurar a pressão do segundo tempo e teve de se contentar em voltar para Porto Alegre com um ponto fora de casa.
Com o resultado, o Tricolor chega a 14 pontos e está em segundo lugar do Brasileiro. O Fluminense é nono, com dez pontos. Na próxima quarta-feira, o desafio será em Santa Catarina contra a Chapecoense.
O jogo
O primeiro tempo teve jogo franco e chances de gol para ambas as equipes, mas o Grêmio foi um pouco mais agudo mesmo depois de ficar em desvantagem numérica. Prejudicado pela arbitragem, que não marcou um pênalti e expulsou Ramiro por reclamação, o Tricolor buscou a vantagem.
Logo aos três minutos, o substituto de Fred, Richarlison mostrou suas armas. Ele recebeu nas costas da zaga, invadiu a área e chutou forte, na cara do gol, mas mandou para fora. O Grêmio respondeu com Douglas, que lançou Bobô na área. O centroavante armou o chute e bateu forte, mas Cavalieri fechou o ângulo para fazer a defesa.
Richarlison continuou muito perigoso e, aos 18 minutos, fez uma meia-lua em Wallace antes de chutar com muito perigo. Bruno Grassi espalmou no canto esquerdo. Bobô teve nova chance no contra-ataque. Marcelo Hermes cruzou na área e o camisa nove desviou de cabeça, mas a zaga tirou para escanteio.
Árbitro ignora pênalti e expulsa Ramiro
Aos 23 minutos, Bruno Grassi fez a grande defesa da etapa. Cícero recuperou bola na pequena área e mandou uma bomba que o goleiro gremista tirou no puro reflexo. Na resposta gremista, Edilson tentou um chute de longe e o zagueiro Henrique tirou claramente com a mão. A arbitragem mandou seguir, apesar do lance intencional.
Logo depois, aos 34 minutos, Edilson puxou um ataque pela direita e foi rasteirado. O juiz não deu a falta o que provocou uma reclamação de Ramiro. O volante tomou cartão vermelho direto. O capitão Maicon levou o amarelo, também por reclamação.
Grêmio marca golaço em desvantagem
Apesar da desvantagem numérica, o Tricolor continuou mantendo boa circulação de bola ofensiva. Aos 40 minutos, foi no toque que chegou a um golaço. Bobô recebeu na meia-lua e lançou Marcelo Hermes de primeira. O lateral ganhou na corrida e deu um toquinho por cobertura para anotar o 1 a 0. O Fluminense veio com tudo para cima e desperdiçou chances com Richarlison e Scarpa.
O Fluminense voltou para a segunda etapa com Marcos Júnior e Magno Alves nos lugares de Maranhão e Douglas, aumentando a presença ofensiva. Roger respondeu em seguida com o volante Jailson no lugar de Bobô.
Antes de sair, contudo, o centroavante fez grande jogada aos seis minutos. Bobô puxou grande jogada, trocou tabelas com Everton e Giuliano até sair livre na área, mas chutou em cima da marcação. Sobrou para Maicon que disparou de longe, mas carimbou Gum.
Pressão total e gol usando a mão
A partir daí, o Fluminense foi para o abafa, apostando muito nas jogadas pelo lado e bolas aéreas. Mas Wallace e Geromel estavam focados, tirando todas na zona de perigo. Foi assim aos 11 minutos: Marcos Júnior escapou na direita, cruzou na área, mas Wallace bem posicionado amorteceu com o peito para Grassi recolher.
Aos 17, Scarpa tentou de longe, mas explodiu em Maicon. Geromel tirou três vezes em jogadas de Jonathan e Marcos Júnior, mas a pressão foi ficando insuportável com dez homens em campo.
O bloqueio gremista finalmente foi rompido aos 29 minutos. Scarpa levantou bola na área, Giuliano falhou o bloqueio e Marcos Júnior dominou com o braço. O árbitro deixou seguir e o atacante fulminou o gol de empate sem chances para Bruno Grassi.
A pressão continuou e Roger mandou Bressan para o lugar de Douglas, tentando conter o ataque do Flu. Aos 34 minutos, Scarpa levantou bola na área, Magno Alves desviou de cabeça, mas tocou direto pela linha de fundo.
Brasileirão – 7ª rodada
Fluminense 1
Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique, Wellington Silva; Edson, Douglas (Magno Alves), Cícero, Gustavo Scarpa, Maranhão (Marcos Júnior) e Richarlison
Técnico: Levir Culpi
Grêmio 1
Bruno Grassi; Edílson, Pedro Geromel, Wallace Reis, Marcelo Hermes; Ramiro, Maicon, Douglas (Bressan), Giuliano; Everton (Léo Tilica) e Bobô (Jailson).
Técnico: Roger Machado
Gols: Marcelo Hermes (40min/1ºT), para o Grêmio; Marcos Júnior (30min/2ºT), para o Fluminense.
Cartão vermelho: Ramiro.
Cartões amarelos: Edilson e Maicon (G); Jonathan, Gum, Cícero e Marcos Júnior (F).
Árbitro: André L. de Freitas Castro (GO).(Correio do Povo)

© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão