Juiz Sérgio Moro determina bloqueio de R$ 10 milhões de ex-executivo da Petrobras

25 de maio de 2016

Tags:Brasil
Foto: Leo Correa
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava-Jato na primeira instância, determinou o bloqueio de R$ 10 milhões em contas e aplicações financeiras do ex-executivo da Diretoria Internacional da Petrobras Demarco Epifânio. Ele foi alvo de um mandado de condução coercitiva na 30ª fase da operação, mas como está no exterior, ainda não prestou depoimento.
A determinação de Moro foi publicada no sistema eletrônico da Justiça Federal na terça-feira (24). Epifânio é investigado pelo recebimento de propina na contratação de dois navios-sonda para a Petrobras.
De acordo com Moro, Epifânio participou do grupo que recebia vantagem indevida decorrente dos contratos de fornecimento dos navios-sonda e possivelmente da aquisição da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.
Esse fato foi citado no depoimento dos delatores Fernando Saores, conhecido como Fernando Baiano; Eduardo Musa, ex-gerente da Petrobras; e Agosthilde Mônaco, ex-assessor da Diretoria Internacional a Petrobras. Moro também autorizou o cumprimento de mandado de busca e apreensão nos endereços residencial e comercial de Epifânio.(O SUL )

© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão