PATRULHA AMBIENTAL AUTUA QUATRO HOMENS POR CRIME AMBIENTAL NA BR 290

14 de maio de 2016

Tags:Alegrete

Patrulha Rural da Brigada Militar, flagra quatro homens transportando um veado na BR290. Os policiais acharam suspeita a atitude dos indivíduos que vinham no sentido Rosário/ Alegrete em uma carroça, próximo ao trevo de acesso a Manoel Viana. Na abordagem foi encontrado um veado morto.


Eles foram detidos até a chegada da Polícia Ambiental. Os quatro alegretenses alegaram que o animal foi encontrado, já sem vida, no acostamento da rodovia.Todos foram autuados pelo crime de caça e liberados depois do registro que foi realizado no local.

Não havia sinais de maus tratos dos cavalos. Uma faca foi encontrada e apreendida. O animal foi encaminhado ao órgão responsável.


De acordo com a Lei de Crimes Ambientais (Lei N.º 9.605/98), os crimes ambientais são classificados em cinco tipos diferentes. Neste caso, é contra fauna (arts. 29 a 37).

 São as agressões cometidas contra animais silvestres, nativos ou em rota migratória, como a caça, pesca, transporte e a comercialização sem autorização; os maus-tratos; a realização experiências dolorosas ou cruéis com animais quando existe outro meio, independente do fim. Também estão incluídas as agressões aos habitats naturais dos animais, como a modificação, danificação ou destruição de seu ninho, abrigo ou criadouro natural. A introdução de espécimes animal estrangeiras no país sem a devida autorização também é considerado crime ambiental, assim como a morte de espécimes devido à poluição.


Fonte:Rádio LKM 

© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão