PREFEITO REÚNE LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO NA BUSCA DE UMA SOLUÇÃO PARA A SANTA CASA

2 de setembro de 2015

Em reunião ocorrida nesta terça-feira, 1/09, o prefeito Luiz Augusto Schneider reuniu-se com representantes do Hospital da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, Câmara de Vereadores e o promotor público estadual, Pablo da Silva Alfaro, para debater a situação caótica que se encontra o Hospital.
Durante o encontro o chefe do executivo explanou sobre a imensa dificuldade econômica e financeira que o Município está passando. Citou dos atrasos nos salários dos servidores, a dificuldade em comprar medicamentos para a farmácia popular, a falta de combustível para realizar adequadamente o serviço de Tratamento Fora a Domicílio, onde a Secretaria de Saúde transporta pacientes para consultas e procedimentos fora de Uruguaiana, o corte em 30% dos cargos em comissão e a precariedade em alguns serviços à comunidade devido a falta de materiais e suprimentos. Schneider lembrou aos presentes que o Executivo vinha alertando que a administração poderia chegar neste engessamento financeiro, devido aos bloqueios judiciais executados sistematicamente desde o inicio deste ano nas contas públicas. “Precisamos de uma ação em conjunto Executivo-Legislativo para solucionar o problema financeiro do Governo, que nos possibilite equilibrar as contas, ajudar a Santa Casa e retomar a prestação de serviço apropriado à comunidade. E essa ação, passa inevitavelmente pela redução do teto da Requisição de Pequeno Valor (RPV), de 30 para 10 salários mínimos”, completou o prefeito que ressaltou que, mesmo com este cenário problemático, o Município vem buscando alternativas legais para apoiar a instituição hospitalar.
Elencaram-se durante a reunião as propostas encaminhadas à Câmara pelo Executivo com a intenção de repassar valores ao Hospital. Pautas como a doação do piano alemão Steinway & Sons onde a partir de um leilão poderá gerar no mínimo 450 mil reais, isenção da taxa do abastecimento de água, gerando uma economia de cerca de 100 mil ao hospital, estão no Legislativo aguardando a aprovação dos vereadores. Além do decreto disponibilizando a administração do hospital materiais inservíveis que no mercado de reciclados tem um valor significativo, gerando mais uma receita de cerca de 300 mil reais e o programa de Anistia 2015, com repasses de 30% de sua arrecadação diária para o Hospital.
O promotor Dr. Plablo Alfaro definiu como positiva a reunião e destacou que agora, os poderes, Executivo e Legislativo devem estreitar o dialogo para que as pautas já propostas possam se concretizar.

© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão