PROGRAMA “MAIS MÉDICOS” ANUNCIA EXPANSÃO DO ATENDIMENTO À SAÚDE ATRAVÉS DE 3 MIL NOVAS BOLSAS

5 de agosto de 2015

O Prefeito Schneider participou nesta terça-feira (04) da Cerimônia de comemoração de 2 anos de criação do Programa do Governo Federal “Mais Médicos para o Brasil”, lançado em julho de 2013. O ato aconteceu no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em Brasília, com discurso da Presidenta Dilma Rousseff, do Ministro da Saúde, Arthur Chioro e do Ministro da Educação, Renato Janine, entre outras autoridades.
Durante a cerimônia foi lançado o cadastro nacional de especialidades para ver quantos são e onde estão os médicos no país para a formatação do Programa “Mais Especialidades”, o objetivo, segundo o Ministro Chioro, é melhorar o planejamento para distribuição de especialistas pelo país. Também, durante o ato foi anunciada a criação de mais 3 mil novas bolsas de residências médicas, onde 75% das bolsas serão destinadas à formação de especialistas em medicina geral de família e de comunidade. As bolsas serão financiadas pelos ministérios da Saúde e da Educação. A meta do governo é criar, até 2018, 11,5 mil novas vagas de graduação em medicina e 12,4 mil vagas de residência para formação de médicos em áreas prioritárias para o Sistema Único de Saúde (SUS).
Também foi anunciada a contratação de 880 professores para lecionar nas universidades federais que abriram novas vagas nos cursos de medicina ou criaram faculdades na área, após a criação do programa. Presente na cerimônia, o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, falou sobre os rigorosos critérios para abertura dos cursos de medicina no país e lembrou que os estudantes deverão cursar pelo menos 30% da parte prática do curso, na área de atenção básica e serviços de urgência e emergência do SUS.
Maguito Vilela, 2º vice-presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) – entidade a qual o Prefeito Schneider compõem a representação no Comitê Gestor do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (CGITR), lembrou que a criação do programa aconteceu por intermédio da Frente Nacional de Prefeitos, que criou a campanha “Cadê o Médico?”. “Esta era a grande demanda dos prefeitos de todo o Brasil. Ter médicos em nossas cidades para atender as camadas mais sofridas de todas as nossas cidades”.
O convite ao Chefe do Executivo Municipal partiu do Ministério da Educação via Programa “Mais Médicos”, onde o Município de Uruguaiana compõe esta nova fase de expansão do projeto no país através da abertura do curso de medicina a partir do ano de 2016, na Universidade Federal do Pampa – UNIPAMPA, campus Uruguaiana. O momento foi de oportunidade para o agradecimento de nossa cidade estar compondo o grupo de municípios contemplados na abertura de novos cursos de medicina e expansão da saúde.
O país e, conseqüentemente, Uruguaiana tem muito a comemorar com os avanços do “Mais Médicos”. O Programa por ser exitoso, tem mostrado resultados importantíssimos para a saúde pública. A intenção do Prefeito Schneider é trabalhar na ampliação do numero de médicos e ESFs na cidade, o que se torna muito oportuno pelos mecanismos do Programa e da Residência.
Atualmente em Uruguaiana, são 19 Unidades Básicas de Saúde e ESFs em funcionamento, e mais duas estão em processo de licitação para contratação de empresa a desenvolver as obras de construção. Quanto aos profissionais, a cidade possui 22 médicos designados pelo programa que estão trabalhando nestas unidades de estratégia da saúde da família. E em 2015 a Prefeitura através da Secretaria de Saúde solicitou cadastro em outras 33 vagas junto ao programa. Em balanço realizado, durante os dois anos, o programa levou 18.240 médicos a 4.058 municípios e 34 distritos indígenas. Os números representam um aumento de 33% em consultas nas ESFs e uma redução em torno de 4% nas internações por causas sensíveis a atenção básica.

© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão