SECRETÁRIA DE SAÚDE IGNORA CONVOCAÇÃO DA COMISSÃO DE SERVIÇOS MUNICIPAIS DA CÂMARA DE VEREADORES

16 de julho de 2015

A constante reclamação de pacientes que precisam consultar em outros municípios do Estado, motivou a Comissão de Serviços Municipais da Câmara de Vereadores, a convocar a secretária Saionara Marques de Almeida para prestar esclarecimentos sobre os critérios adotados pelo órgão com relação à liberação de passagens. Os vereadores queriam ouvir a secretária e o gerente da empresa Planalto, numa espécie de acareação, para saber o que está provocando tumultos em horas que antecedem os embarques dos pacientes. A secretária não apareceu e nem justificou a ausência.
A reunião foi mantida para ouvir o gerente da empresa Édson Camargo que respondeu a diversos questionamentos dos vereadores, principalmente se a Prefeitura de Uruguaiana está cumprindo o contrato com a empresa que transporta pacientes do Tratamento Fora de Domicílio (TFD). Conforme Edson Camargo, a Prefeitura de Uruguaiana tinha uma dívida de cerca de R$ 700 mil com a empresa, mas com a última negociação este valor foi reduzido à metade. Além disso, o município se comprometeu a repassar semanalmente parcelas de R$ 40 mil para o pagamento do transporte dos pacientes do TFD, o que não estaria acontecendo. Cada pagamento representa a liberação de um lote de bilhetes de passagens, sendo que em muitas vezes a Secretaria da Fazenda faz o repasse e não informa a empresa, daí o impasse esclareceu Camargo. Segundo ele, quando se registra este atraso o sistema de liberação é bloqueado. Portanto, não procede a informação de que o município esteja em dia com a empresa Planalto. A empresa também dá a sua contribuição e está cumprindo com a sua missão, revelou.

© Védera Nutrição Animal - Todos os direitos reservados.

- AOVIVO - Informação 24h de plantão